Filhotes de cães e gatos - Canil e Gatil

Notícias

Linguagem dos cães Como um cachorro se expressa

Linguagem dos cães

A linguagem dos cães não é difícil de ser compreendida e, na verdade, é bastante simples. No contato com as pessoas, eles utilizam todos os recursos disponíveis para se comunicarem e, para "facilitar" o entendimento dessa linguagem. Fornecemos a seguir a explicação de uma série de sons, gestos, expressões e atitudes dos cães e o que podem significar na sua linguagem:

- Cabeça e orelhas viradas para uma determinada direção: significa que o cão escutou algum barulho e quer localizá-lo e identificá-lo;

- Cauda balançando para os lados: se ela estiver na posição normal, significa alegria;

- Cauda levantada: o cão está pronto para a briga com outro cão;

- Cauda levantada e balançando: quer dizer alegria e segurança;

- Cauda baixa: insegurança;

- Cauda parada: inquietude;

- Cauda entre as pernas: medo;

- Cauda entre as pernas: o cão está precisando de alguma ajuda, porque está "apertado" para fazer as suas necessidades;

- Cheirar o rabo de outro cão: é uma forma de conhecer outro cão e de o cumprimentar, além de o identificar pelo seu cheiro pessoal, produzido pela sua glândula anal, uma verdadeira "carteira de identidade";

- Dar voltas e girar no mesmo lugar, antes de se deitar e, às vezes, arranhando o local (terra, tapetes, etc.), com as unhas: é um hábito adquirido dos seus antepassados selvagens que, assim, preparavam a sua "cama" para dormir e que, para isso precisavam amassar o capim e preparar o local para se deitar;

- Deitar de costas, com a barriga para cima: os cães agem assim quando: 1 - estão muito alegres e querem brincar "dizendo", com isso, como estão felizes com a brincadeira; 2 - quando se sentem ameaçados, portando-se como seus antepassados selvagens, deitando-se de barriga para cima, para mostrar a cor clara do seu ventre, em sinal de submissão; 3 - quando brigam e perdem, tomam essa posição, "se entregando", indicando que não querem mais brigar;

- Destruir os objetos que encontram: é uma forma de demonstrarem que estão se sentindo sós, abandonados, desprezados e estão se vingando. Nos filhotes isso é normal e eles o fazem para brincar. Basta "zangar" com eles para que parem com esse comportamento;

- Enterrando e escondendo objetos ou "coisas": é um costume herdado dos seus antepassados, que precisavam esconder, enterrando a comida que sobrava, para garantir a próxima refeição, caso não conseguissem caçar uma nova presa;

- Ficar se esfregando no dono, principalmente na sua perna: significa que o cão que ser acariciado;

- Dar "cutucadas" com o focinho: é a maneira de chamar a atenção da pessoa que está perto dele para, geralmente, pedir alguma coisa;

- Lambidinha: é a maior prova de afeto que um cão, de qualquer idade, pode dar a uma pessoa, lambendo-lhe o rosto e as mãos;

- Latir sem parar: significa que o cão está disposto a atacar algum intruso, homem ou animal, para defender o seu "território", seus pertences, sua comida, sua fêmea, seu dono ou outra pessoa de sua família. Nesse caso, mostra os dentes, fica com a cara e o focinho franzidos e as orelhas para traz, mostrando que está pronto para atacar.

Existe uma infinidade de sinais característicos da linguagem dos cães que poderíamos citar, mas, além disso, cada cão apresenta elementos muito específicos e pessoais de comunicação. Esses elementos são um "código" pessoal entre o cão e seu dono, um código que acaba sendo criado com os anos de convivência.

O cinófilo e comportamentalista canino Claudio Amichetti possui uma vida dedicada ao convívio e trabalho com cães e gatos entende literalmente a situação e convívio com os bichos e diz:

Muitas das vezes e muito mais fácil entender um bicho que outro humano, os animais são abertos e não dissimulam como seus superiores.

CÃES DE DEFESA ATAQUE GUARDA PREÇO FILHOTE

CÃES ATAQUE, DEFESA E GUARDA
Pesquisas recentes comprovam que residências com cães são menos assaltadas.

A escolha da raça adequada oferece um poderoso aliado na segurança da casa
Agressivo, barulhento ou com cara de mau, o cachorro é a única defesa contra ladrões na maioria dos lares brasileiros. Eles já são 25 milhões no país – um para cada sete pessoas. Não é por acaso. O cão de guarda eficiente é muito mais que um animal que ataca invasores. O ideal é que ele espante os intrusos antes que se animem a pular o muro.
Os cães escolhidos para se tornar um cão de guarda devem fazer parte da família deles. Conviver com as crianças, brincar no quintal e ser companheiro inseparável de seus donos.
O cão adestrado causa um efeito psicológico que induz o assaltante a desistir de entrar em lugares que têm estes animais.
Aparência física deve ser considerado um fator essencial num cão de guarda,  é efetivamente o primeiro passo na dissuasão de intrusos. Cães de cor escura foram considerados mais perigosos por ladrões. Um tipo molosso, com cabeça grande e dentes á mostra são mais intimidatórios.

PASTOR ALEMÃO
Características: a raça foi criada especialmente para defesa de propriedades, companhia, guia de deficientes e atividades policiais
Vantagens: reage com eficácia às agressões. Late sem parar e muito alto. Atento, percebe rápido o invasor. É obediente e tem bom potencial de intimidação. Adapta-se bem a todo tipo de clima, em espaços médios e pequenos
Desvantagens: com sua popularização, muitos exemplares foram deturpados por cruzamentos malfeitos. Houve perda de características originais da raça, o que resultou num temperamento mais instável. Requer cuidados especiais com a pelagem e chapas de displasia
Sociabilidade: se tiver boa procedência, é apegado à família e mostra disposição para aturar brincadeiras das crianças. Contudo, convém não abusar
Preço do filhote
1000 a 2 500 reais
ROTTWEILER
Características: é musculoso, ágil e resistente. Pesa de 42 a 50 quilos. Desconfiado e com temperamento muito forte. Os ancestrais do rottweiler eram usados para conduzir o gado. No começo do século XX, foi considerado ideal para o trabalho policial
Vantagens: é ótimo cão de guarda. Assim como o pastor, adapta-se bem a ambientes e espaços reduzidos
Desvantagens: precisa que o dono se imponha. Ele é tão seguro que tende a desafiar até mesmo o tratador. Sofre alta incidência de câncer, por causa do cruzamento genético que origina a raça é necessário chapeamento de displasia.
Sociabilidade: bem tratado, pode ser um companheiro, mas é preciso cuidado – sobretudo com crianças
Preço do filhote
1500-2500 reais
DOBERMANN
Características: cão de tamanho médio, inicialmente o dobermann foi usado quase que exclusivamente como guarda e vigia. Mais tarde, passou a ser utilizado também como policial e cão de guerra
Vantagens: excelente cão de guarda, intimida o invasor pelo porte e pelo latido e responde rápido a qualquer estímulo. Reage com violência a agressões. É muito ágil e facilmente adestrável
Desvantagens: pode ser um pouco teimoso e não se dá muito bem com outros animais
Sociabilidade: pode ser criado em casa e até brincar com as crianças, desde que esteja acostumado a elas
Preço do filhote
1000 a 2 000 reais
 Bull Mastiff, Guarda, 50 a 59 quilos
No século 18, os lordes das zonas rurais inglesas procuravam um cão que mantivesse á noite, caçadores furtivos afastados das grandes propriedades e reservas de caça. Queriam um animal que atacasse em silêncio, não destroçando as vítimas. Diversas raças foram cruzadas até surgir o Bull Mastiff, resultado do Bulldog e do Mastiff. Pode ser dourado ou tigrado, com marcas brancas apenas no peito. É dócil, porém destemido e arrojado quando necessário.
Preço do filhote
2000-3500 reais 
 *fonte revista veja especial: segurança

Fila Brasileiro
Fila brasileiro é uma raça de cão de grande porte desenvolvida no Brasil. São usados frequentemente como cães de guarda e cão boiadeiro. Pertencem à categoria dos molossóides.O fila brasileiro é conhecido pela fidelidade e devoção extremas ao dono, características que criaram um provérbio brasileiro secular que diz, "fiel como um fila", tais características comportamentais foram apreciadas durante os séculos de desenvolvimento da raça, o que ajudou a popularizá-la.ado o fila brasileiro.
 Forças armadas e policiais:O Exército Brasileiro e o Exército Israelense, realizaram separadamente, testes e estudos com diversas raças, para escolherem o cão mais apto ao trabalho de cão de guerra, muito mais complexo do que o trabalho do cão policial, e estas organizações chegaram a conclusão de que o fila brasileiro é a melhor raça de cão para as forças armadas.
Algumas doenças podem acometer esta raça devido a seu porte. São elas:
Displasia coxo-femural
Alteração física de caráter hereditário na articulação entre o fêmur e a bacia do cão, que causa problemas de locomoção, dor e incômodo ao animal. Observar se os pais são saudaveis é um bom meio de adquirir filhotes que não venham futuramente a ser portadores de displasia coxo-femural, já que se trata de uma doença genética.
Torção gástrica
Afeta alguns indivíduos da maioria das raças de grande porte, caracteriza-se pela torção do estômago, causando compressão da circulação na região abdominal. Pode levar à morte, se o cão não for operado o mais rápido possível. Dividir a ração em pelo menos duas porções diárias minimiza muito as chances de o cão ser acometido pela torção gástrica.
Estes males não chegam a ser considerados endêmicos na raça. fonte wikipedia

AMERICAN BULLY

O Super Pitbull, mais forte, mais largo, super manso e amigo conhecido também como american bully tem forte poder intimidatório, afinal lendas ao redor dessa raça é o que não falta.Conta o Criador de cães Claudio do Canil Amichetti:O  Godzilla, AST tipo Bully, é um super american staffordshire terrier, atrai interessados em ver de perto o over bully , e todos ficam muito receosos com sua aparência muito corpulenta e compacta, diria que seria um tipo de segurança para pequenos espaços como apartamentos e quintais metropolitanos.Preço do filhote 2000-3500 Reais  

Cão de guarda por excelência dos artistas, forte, alto, de origem sul africana, é um cão destemido e tem sido companheiro dos fazendeiros africanos ha muito tempo.
Uma característica dos padreadores da Coleção Amichetti é o sangue dos rhodesians baseado em linhagens com forte estrutura óssea e bastante densidade de musculatura, sendo esse um diferencial marcante de criação .
Onde escolher o filhote da raça rhodesian ridgeback??
O Canil Amichetti possui lindos filhotes de rhodesian para venda, saudáveis e corretos, ligue agora no 11 93868744( hc) e agende usa visita para esolha de seu filhote de rhodesian ridgeback.
Preço do filhote
2000-3500 Reais 
Destaque brasileiro:  
  • Buldogue rústico, lindo, forte se adapta bem no campo como num apartamento devido sua personalidade equilibrada e tranqüila.
  • Amante da família a quem defende intensamente. 
  • Amoroso com crianças com quem criam forte vínculo. 
  • Não apresenta dificuldade para cruzamento ou parto como é comum nos demais bulldogs.
  • Excelente guardião, um cão sempre amigo e talentoso na lida com o gado além de apresentar forte presença intimidatória, bastando sua marcante presença para que seu território esteja defendido.
Buldogue Campeiro

"Atualmente tenho visto casas serem assaltadas mesmo com a presença de dobermans, pastores e com os bordogas a coisa é diferente, são mais parrudos e intimidam mesmo", são guardiães naturais e como são muito rústicos não apresentam problemas, diz o adestrador de cães Roberto que tem trabalhado hà mais de dez anos com pastores alemães, rotweillers e pitbull´s. 
Onde Comprar Filhotes de Bulldog Campeiro?
Ligue no Canil Amichetti de Juquitiba- SP, que possui lindos exemplares de Bulldog para venda, fortes, rústicos, equilibrados, agende sua visita para comprar filhotes e conhecer buldogs bem parrudos pelo fone 11 9386 8744 / 4684 1047- SP. 
Preço do filhote
1500-2500 Reais 
 cao

 Precauções contra acidentes

Durante os passeios, mantenha o cão sempre preso à guia.A focinheira deve ser usada por cachorros, grandes ou pequenos, que costumam avançar em pessoas ou outros animais nas ruas. Em algumas cidades, há exigência da lei para o uso desse acessório.Prenda SEMPRE seu cão de guarda quando for sair ou entrar com seu carro da garagem. Coloque placas advertindo que a residência possui cão de guarda.Tenha certeza que os muros de sua casa sejam de altura suficiente para conter o cão.O bom cão de guarda é um animal controlado, que sabe andar na rua e não ataca por qualquer motivo. O bom dono é aquele que tem a responsabilidade de criar um bom cão de guarda e mantê-lo sob seu controle com segurança. Aqueles que desejam ter uma 'fera' em casa, não devem comprar um cão de guarda.

 

dSAIBA MAIS:

CÃES    F:55 011 9386 8744 
GATOS F:55 011 8485 4545
GERAL  F:55 011 4684 1047

PETCLUBE

"A grandeza de uma nação pode ser julgada pelo modo que seus animais são tratados."  (Mahatma Gandhi)

Amichetti Bullys & AMICAT´S Bengal Maine Coon Ragdoll Exótico

EcoVilla Amichetti- Paraíso Ecológico- uma forma sustentável de ConViver.

Rod. Régis Bittencourt, km 334, apenas 40 min. de SP-Juquitiba .

Agende uma agradável visita para adquirir seu filhote e faça belo passeio no santuário ecológico com a  Mata Atlântica  preservada.  e , 

Mastin Napolitano Filhotes Cinza Preto TigradoMogno Raro

Mastim Napolitano " o Cão"
 
O Mastim Napolitano também conhecido como o Neo , Mastiff italiano , Mastin Napolitano e Il Mastino Napoletano no seu país de origem da Itália, é simplesmente "Il Cane", "O Cão", com poder desigual, natural instinto de guarda, e um tipo de raça tão singular que fixou em si para além de qualquer outra raça no mundo
 
Petclube é um site que preenche a interface entre o criador de caes e pessoas que buscam um bom cão de intimidação para suas empresas e familias.
 
 
 
_Indiscutivelmente o Pai da Guarda e Proteção Canina, tivemos várias raças de cães, mas nesse quesito o mastino é inegualável, a raça mais poderosa do mundo, seu instinto guardião não precisa treinamento é natural e sua aparência intimida mesmo um urso, o mais próximo dissso que temos no Brasil é o Olde Bulldogge e o famoso American Bully
O treinamento da obediência é muito importante.
Esta raça precisa de um proprietário dominante que entende e é capaz de controlá-los adequadamente.